segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Médico Espiritual

O Médico Espiritual
Após receber zelosos cuidados no complexo hospitalar da cidade de “Nosso Lar”, André Luiz descreve no capítulo 4 do livro homônimo o encontro com o benfeitor Clarêncio e Henrique de Luna, do Serviço de Assistência Médica da colônia espiritual : “Trajado de branco, traços fisionômicos irradiando enorme simpatia, Henrique auscultou-me demoradamente, sorriu e explicou : -È de lamentar que tenha vindo pelo suicídio”. Diante da explicação, André melindrado responde imediato: “Creio haja engano”.
O médico demonstrando a mesma serenidade superior esclarece a André a gênese real da Obstrução Intestinal provocada pelo câncer que havia lhe retirado a vida física.
Em todos os relatos sobre a atitude dos mentores no trato com o paciente se observa o cuidado de não julgar, de acolher o desequilibrado no processo de reajustamento e redenção com justiça e paternal atenção.
Corroborando com essa atitude descrita, a nossa ciência demonstra hoje o quanto é importante o papel desempenhado pelo profissional médico na recuperação dos pacientes. O médico, agindo como se fora um medicamento, pode fazer milagres, especialmente quando este profissional é benéfico, sincero, leal, em quem o paciente deposita toda a sua confiança e esperanças.

Estudo das obras de André Luiz

A Associação de Médicos Espíritas iniciou neste mês de Outubro o estudo das obras de André Luiz. A finalidade do estudo é a pesquisa dos ensinamantos da espiritualidade relacionada a Medicina Espiritual, tal conhecimento dentro das obras de André Luiz se alinham nos preceitos da Medicina da Alma.
O estudo é aberto a todos os interesasados. Todos os sábados às 17 horas ( 17 às 18:30).
Rua Prof. Joca Vieira 1269 ( informações 32334111).

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Palestras do IV Encontro da AME-PI já estão disponíveis para venda

Os dvd's das palestras do IV Encontro de Médicos-Espíritas do Norte e Nordeste, "A Medicina e as Dores da Alma", já estão disponíveis para a venda. Ao todo, são 7 vídeos com 12 palestras, ao preço de 50,00 o pacote. Os interessados deverão entrar em contato com a clínica da Drª Kátia Marabuco, no seguinte endereço: Rua Prof. Joca Vieira, 1269. Bairro Fátima. Teresina - PI. Fone: (86) 3233-4111 ou pelo email: amepiaui@gmail.com

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

O Silêncio Necessário

Drª Kátia Marabuco - Presidente AME Piaui


Uma árvore ao cair na mata não faz nenhum barulho. Você acredita nisto? Pois é verdadeiro.
O som é uma criação do nosso cérebro. Para que a árvore ao cair produza um som, alguém precisa estar perto para ouvi-lo. O que se passa é que, a árvore ao cair produz alterações na pressão atmosférica, essas pressões em forma de ondas são geradas por moléculas de ar que vibram; são as ondas sonoras.
No cérebro do homem moderno existem dois locais especializados ao longo da evolução; que são responsáveis em analisar a musicalidade – o lobo temporal direito é complementado pela especialização de analisar sons da fala no lobo temporal esquerdo. À direita música, à esquerda, sons da fala.
No mundo atual convivemos com uma infinidade de sons cada vez mais altos, cada vez o nosso ambiente é mais barulhento. A intensidade com que o som é percebido ou a altura percebida é a amplitude do som e é medida em decibéis (dB). Sons superiores a 70 decibéis são considerados altos, os inferiores a 20 são baixos. Para você imaginar os sons da nossa fala normal está entre os 40 decibéis. As bandas de rock especialmente as de heavy metal tocam a níveis superiores a 120 decibéis, às vezes até 135. Pesquisadores descobriram que os roqueiros têm uma perda da sensibilidade do som, ás vezes eles aumentam tanto o som, as vezes 40 vezes mais, justamente por essa insensibilidade, que após um concerto de 90 minutos essa perda fica pior. Além disso, o uso de walk-man, ipod e outros sons através de fones de ouvidos, ou mesmo som ambiente alto leva cada vez mais à perda da acuidade auditiva especialmente dos jovens, chegarão à idade madura, imaginem, com um grau de surdez significativo.
Você sente falta daquele silêncio verdadeiro, que às vezes até incomoda com um perturbador zunido? Se já teve oportunidade de viver no campo, ou passar um período longe da vida urbana, ou mesmo em meditação, conhece esse silêncio. Conseguimos perceber os sons da natureza, o próprio batimento cardíaco, sons ocultos pelo ruído de fundo. Muito bem, aprenda a silenciar para descobrir esse maravilhoso canal de comunicação, esse sentido tão apurado há milênios pela natureza.
Segundo Irmão Jacob, no livro VOLTEI, há uma grande dificuldade de intercâmbio do mundo espiritual com o nosso devido às múltiplas ondas que nos cercam. A mente humana atrai ondas de força, que variam de acordo com as emissões que lhes caracterizam as atividades. Segundo ele, o ruído no âmbito da espiritualidade, é tão prejudicial quanto o barulho intempestivo na via pública. Há um espesso véu de vibrações que separa o mundo espiritual da esfera física.
No silêncio e na interiorização do nosso ser encontraremos a musicalidade celestial adormecida à espera apenas do essencial para nossas vidas.

Fontes: Neurociência do comportamento – Kolb & Whishaw.
Missionários da Luz – André Luiz- F. C. Xavier
Voltei- Irmão Jacob- F. C. Xavier

sábado, 23 de agosto de 2008

O Banquete Espiritual

Quando pensamos em banquete, logo nos vem à mente uma grande festa com fartura, beleza, música, luz e cor; assim se deu para os que participaram durante os três dias do Encontro das Associações de Médicos - Espíritas Norte e Nordeste, realizado de 15 a 17 de Agosto de 2008, no salão Poty do Rio Poty Hotel, um verdadeiro banquete espiritual.
Uma festa cujos convivas foram todos os que atenderam ao chamado do alto, que receberam a fartura de conhecimentos, vibrações amorosas e uma chuva de benesses em forma luzes multicoloridas radiantes que os supra-sentidos mais sutis dos sensitivos presentes identificaram e foram fortemente impressionados.
A dádiva de ouvir a beleza dos cânticos entoados pelas vozes generosas do coral do SEBRAE regido pelo maestro Aurélio Melo, expoente da nossa música, tocou profundamente a todos. No encerramento a contribuição impar da Fundação Monsenhor Chaves que nos brindou com o Quarteto Nômade, deu o toque especialíssimo do poder transformador da musica em nossas fibras mais sutis da alma. Nossos agradecimentos ao SEBRAE e a Fundação Monsenhor Chaves pelas valiosas e expressivas contribuições.
Quantos corações enternecidos! Quantas dores aliviadas!Quantas consciências libertadas. Ao término, cada participante a olhar para si mesmo em júbilo, pela certeza do poder transformador do amor e do conhecimento – "Conhecereis a Verdade e Ela vós Libertará" ( João 8:32).
A Associação de Médicos–Espíritas do Piauí agradece reconhecidamente a todos os nossos benfeitores, patrocinadores, participantes, amigos, todos que apoiaram e que gentilmente contribuíram para o sucesso e brilho do IV ENCONTRO DE MÉDICOS-ESPÍRITAS DO NORTE E NORDESTE.

Katia Marabuco
Presidente da Associação de Médicos - Espíritas do Piauí.
Teresina, 22.08.2008.

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Cativar

video

Com a música "Cativar" foi encerrada a programação do IV Encontro de Médicos-Espíritas do Norte e Nordeste.

Veja vídeo!

Slides das palestras

Estaremos disponibilizando o conteúdo dos slides das palestras por toda a semana. Infelizmente, não é possível publicar no blog os slides em power point.

Vídeos das palestras do IV Encontro de Médicos-Espíritas do Norte e Nordeste

Os vídeos das palestras abaixo relacionadas estão disponíveis para pedidos ao preço de 10,00 reais a unidade e 50,00 reais o conjunto de 7 vídeos e serão entregues em 15 dias. Os interessados deverão enviar seus pedidos para Clínica da Drª. Kátia Marabuco no seguinte endereço: Rua Prof. Joca Vieira, 1269. Bairro Fátima. Teresina - PI. Fone: (86) 3233 4111 ou pelo email: amepiaui@gmail.com
Em Parnaiba: Dora Rodrigues 9402 4557/3321 2588 email: doraharmonia@gmail.com

Palestra: A integração Cérebro-Mente-Espírito.
Drª. Marlene Nobre - São Paulo - SP
Sexualidade, dos desvios à sublimidade do Amor
Palestrante: Dr. Alberto Almeida – Belém -Pará AME-Pará
A Crise Conjugal e a Influência Espiritual
Palestrante: Dr. Roberto Lúcio – Belo-Horizonte-MG
As Máscaras da Obsessão
Palestrante: Dra Marlene Nobre - AME-Brasil. AME Internacional
TDAH em Crianças, Compreensão do Processo Terapêutico na Visão Espírita.
Palestrante: Dr. Fernando Souza. AME - Cariri
Os Ensinamentos dos Espíritos e o Novo Paradigma na Graduação Médica. ( Obra de André Luiz – F.C.Xavier)
Palestrante: Dra Kátia Marabuco - AME -PI
Palestra - Reencarnação: Os caminhos da evolução, dos Primórdios ao Ser Superconsciente.
Palestrante : Dr. Ricardo Santos AME-AL
Pensamento e Vontade: Influência na Saúde e na Etiopatogênese das doenças
Palestrante: Dr.Carlos Roberto . AME-Campina-Grande
O Perdão e a Psicologia Crístico
Palestrante: Dr.Alberto Almeida. AME-Pará
Questões de Bioética à luz do Espiritismo
Palestrante: Dr. Francisco Cajazeiras AME- CE
Suicídio e Depressão, o porquê e os caminhos terapêuticos.
Palestrante: Roberto Lúcio. AME-Brasil. AME-MG
Prece e Meditação: Caminhos e Atitudes para o equilíbrio
Palestrante: Katia Marabuco. AME-PI

segunda-feira, 17 de março de 2008

PALESTRAS DO IV ENCONTRO DAS ASSOCIAÇÕES MÉDICO-ESPÍRITAS DO NORTE E NORDESTE

T. D. A. H. EM CRIANÇAS, COMPREENSÃO DO PROCESSO TERAPÊUTICO NA VISÃO ESPÍRITA
José Fernando B. de Souza

AME-CARIRI

1 – Conceito
2 – Histórico
3 – Critérios
4 – Clínica e achados
5 – Considerações Doutrinárias

TDAH
Desempenho inapropriado nos mecanismos que regulam a atenção, a reflexibilidade e a atividade, ocasionando sintomas de:

Desatenção;
Impulsividade;
Hiperatividade.

Histórico do TDAH
1902 Descrição dos sintomas de TDAH (George Still)
1955 Desenvolvimento do Metilfenidato
1960 Disfunção Cerebral Mínima
1966 Déficit de Atenção descrito em Crianças (Clements)
1980/1987/1997 Critérios DSM

TDAH: prevalência
3 -7% das crianças em idade pré-escolar;
Subtipos
combinado (50-75%)
primariamente desatento (20-30%)
primariamente hiperativo(<15%)>
Subtipo desatento mais comum em meninas;
Alta taxa de comorbidades : ~70%;
2 % estimada em adultos.
TDAH: tendências desenvolvimentais
Os sintomas de TDAH se modificam com a maturidade
Crianças
Hiperatividade motora
Agressividade
Baixa tolerância frustração
Impulsividade
Adultos
Distrai-se facilmente
Desatenção
Mudança de atividades
Aborrece-se facilmente
Impaciente
Inquieto
Critérios para Diagnóstico DSM-IV
TDAH: critérios do DSM-IV
Pelo menos 6 sintomas dos 9 em uma das escalas;
Sintomas devem estar presentes nos últimos 6 meses;
Alguns sintomas devem estar presentes antes da idade de 7 anos;
Algum prejuízo causado por sintomas presentes em dois ou mais ambientes (p.ex., escola e casa);
Prejuízo significativo social, acadêmico ou ocupacional;
Excluir outros transtornos mentais.
Desatenção
Presta pouca atenção em detalhes e comete erros por falta de atenção;
Tem dificuldade de ficar concentrado nos deveres e nos jogos;
Parece estar prestando atenção em outras coisas quando se fala com ele;
Tem dificuldade em seguir instruções até o fim ou deixa os deveres sem terminar.
É desorganizado com deveres e outras atividades do dia a dia;
Evita deveres ou atividades que exijam concentração;
Perde material da escola ou coisas do dia a dia;
Se distrai com facilidade;
Esquece de fazer coisas que deveria fazer no dia a dia.
HIPERATIVIDADE / IMPULSIVIDADE
Mexe com as mãos e com os pés quando está sentado ou se mexe muito na cadeira;
Sai do lugar na sala de aula ou em outras situações, quando deveria ficar sentado;
Corre ou trepa nas coisas quando deveria ficar tranqüilo;
Tem dificuldade de ficar em silêncio enquanto brinca.
Elétrico / Fica a “mil por hora”;
Fala demais;
Responde as perguntas antes dos outros terminarem de falar;
Tem dificuldade em esperar sua vez;
Interrompe os outros.
TDAH: critérios do CID-10
Mínimo de seis sintomas de desatenção;
Mínimo três sintomas de hiperatividade;
Mínimo de um sintoma de impulsividade;
Sintomas devem estar presentes nos últimos 6 meses;
Prejuízo significativo: social, acadêmico ou ocupacional;
O início dos sintomas devem estar presentes antes da idade de 7 anos.
Impulsividade CID 10
Responde as perguntas antes dos outros terminarem de falar
Dificuldade de esperar a sua vez
Interrompe ou se intromete com os outros
Fala demais
Nota: A CID 10 é útil para diferenciar transtorno hipercinético de outros subtipos de TDAH
Diagnóstico diferencial
D. Auditiva
Epilepsia – Ausência
Efeito Colateral de Drogas
D. de Linguagem
T. Personalidade
Criança Índigo
Ansiedade
TOC
R. Mental – X Frágil
Depressão
Hipertireoidismo
D. Crônica
D. Visual
Comorbidade
Comorbidade é definida como dois diferentes diagnósticos presentes no indivíduo ao mesmo tempo.
TDAH: mais comum do que exceção;
É importante o seu reconhecimento;
Necessidade de tratamentos independentes e diferentes
Tourette/Tiques (6,5%);
Depressão Maior (15 a 25%);
T.O.C. (15%);
Distúrbio de Linguagem (10%);
Drogas (até 40%);
Transtornos ansiosos (13 a 20%);
T.O.D. (33 a 65%);
T.C. (19 a 50%);
T.H BIPOLAR (1,78 a 10%);
RM (9,58%);
Índigo.
Queixas dos pais
Meu filho é agitado, não para quieto um minuto;
Não fixa atenção em qualquer tarefa;
Anda pela sala perturbando o irmão;
Quase todos os brinquedos estão quebrados;
Não consegue aguardar a sua vez;
Quando vê televisão incomoda quem está do lado;
Se mexe o tempo todo;
Parece que não escuta o que não lhe interessa, mas está ligado em tudo;
Não obedece ordens;
Não sabe ouvir um NÃO.
Atrapalha os colegas na sala de aula;
Não fica sentado quieto;
Não avalia o perigo;
Não gosta de estudar, seus trabalhos escolares são mal feitos e bagunçados;
Rendimento escolar é baixo;
Por vezes enfrenta adultos;
É avoada;
Estabanada;
Vive no mundo da lua;
“Bicho carpinteiro”.
História do desenvolvimento
Marcos no tempo adequado;
Mexia muito na barriga;
Bebê irritado;
Correr antes de andar;
Acesso de birra;
Grafismo desleixado;
Pouco sono.
Anamnese completa
Histórico escolar anterior;
A vida da criança na escola;
Opinião da criança sobre a escola;
Caracterizar o rendimento escolar;
História psicossocial da criança;
Caracterização de escola e da proposta pedagógica.
Casos clínicos
Nome: J. L. B. N. P
D. N: 14/04/2001
Sexo: Masc.
Idade: 7 anos
Procedência: Crato – Ce
Data de atendimento: 08/03/2007
Queixa: Agressão fortuita, pornofonia explícita, baixo limiar as frustrações, inaceitação de ordens de superiores.
Diagnóstico: Multidisciplinar, Distúrbio oposiconais e do comportamento (não psicótico) “Índigo”.
Nome: I. S. N
D. N: 06/05/96
Sexo: Masc.
Idade: 12 anos
Procedência: Crato-Ce
Data de atendimento: 02/03/2007
Queixa: Dificuldade em aprender, ficar na sala de aula, de se relacionar com outros pares. Diagnóstico: Multidisciplinar TDAH Crianças Índigo.
As ditas crianças índigo foram descritas no livro Crianças Índigo de Lee Carroll e Jan Tobe e publicados em 1999, foram ditas como seres de espíritos superiores. O nome índigo foi dado por Nancy Ann Tappe, portadora de clarividência que via nessas crianças uma aura azulada, isto foi descrito na década de 70.
A luz da Doutrina Espírita o que se encontrou foi:
1 – São seres orgulhosos;
2 – Têm dificuldades para lidar com autoridade absolutas;
3 – Parecem não se relacionar bem com pessoa alguma que não lhes sejam igual.
4 – Frustram-se com sistemas ou tarefas que sugerem rotinas ou situações repetitivas que não possam usar a criatividade.
Quando analisadas a luz da Doutrina Espírita, as ditas crianças índigo na verdade são espíritos que apenas dotados de alguma intelectualidade, porém, com um descompasso entre a evolução mental e precário desenvolvimento moral.
Propostas de tratamento
1 – Prece intercessora;
2 – A técnica de Haptonomia.
Conclusão
As crianças consideradas com TDAH, que devem ser diferençadas no plano médico científico das chamadas crianças índigo e ou transtorno do humor bipolar na verdade são espíritos com variantes intelectuais (associadas ao orgulho, vaidade e intolerância) que de forma nenhuma se coadunam como espíritos elevados na assertiva de Jesus: “Bem aventurados os que são brandos e pacíficos, por que possuirão a terra, por que serão chamados filhos de Deus”. Mt cap V v,v 4 a 9.

PENSAMENTO E VONTADE
INFLUÊNCIA NA SAÚDE E NA ETIOPATOGENIA DAS DOENÇAS


Dr.Carlos Roberto . AME-Campina-Grande

ENERGIAS MENTAIS
“ A maior descoberta da minha geração é que os seres humanos, alterando as suas atitudes mentais, podem alterar sua própria vida. Da maneira que pensamos, assim seremos.”
William James – pai da psicologia moderna

PENSAMENTO E VONTADE
É espantoso que, a cada pensamento, a mente consiga mover átomos de hidrogênio, carbono, oxigênio e outras partículas das células cerebrais.


Sir john Ecles, fisiologista, prêmio nobel, apud a cura quântica

S E R H U M A N O (Estrutura Orgânica)
Corpo humano
Sistemas
Órgãos
Tecidos
Células
DNA
Submoléculas orgânicas
Átomos
Partículas subatômicas
Subpartículas
Nosso espaço interior é um campo rico de inteligência silenciosa que exerce poderosa influência sobre nós.

ESPÍRITO – PERISPÍRITO – CORPO
CORPO CAUSAL – CORPO ASTRAL
CAMPO MENTAL – CAMPO VITAL

ENERGIAS MENTAIS
“ (...) o cérebro, com as células especiais que lhe são próprias, detém verdadeiras usinas microscópicas (...) è aí, nesse microcosmo prodigioso, que a matéria mental, ao impulso do Espírito, é manipulada e expressa, em movimento constante, produzindo correntes que se exteriorizam, no espaço e no tempo, conservando mais amplo poder na aura da personalidade em que se exprime, através de ação e reação permanente.”
André Luiz, FCX, MM, p.75

CORRENTE MENTAL

-A corrente mental é o pensamento contínuo, fluxo energético incessante, com poder criador imenso.
-impulsionado pelo espírito, verte o pensamento, através de um vasto sistema de interação entre o sistema coronário e de todo um conjunto de núcleos do diencéfalo e estruturas talâmicas.
-nasce das emoções e desejos recônditos do espírito.
-vitaliza todos os centros da alma, onde possui recursos para os serviços de emissão e recepção.
-espalha-se em torno do corpo físico da individualidade, organizando-lhe a psicosfera ou campo da aura.
-formada de partículas, se propaga em forma de onda produzindo irradiações eletromagnéticas, cuja frequência varia conforme os estados mentais do emissor.
-formada de partículas, se propaga em forma de onda produzindo irradiações eletromagnéticas, cuja frequência varia conforme os estados mentais do emissor.
-é passiva perante o sentimento que lhe dá forma e natureza para o bem ou para o mal.
Sua potência é diretamente proporcional à qualidade moral da fonte pensante.

VONTADE
• Impulso que comanda a trajetória dos desejos

• Imprime movimento e direção ao pensamento

• Governa e orienta o corpo espiritual

Os pensamentos, que são a energia da mente, influenciam diretamente a maneira como o cérebro físico controla a fisiologia do corpo.
A energia dos pensamentos pode ativar ou inibir as proteínas de funcionamento das células …
Biologia da crença, Bruce H. Lipton p. 147

MENTE-CÉREBRO-CÉLULA
A mente é a orientadora desse universo microscópico. Dela se originam as forças equilibrantes e restauradoras para os trilhões de células do organismo ; mas, quando perturbada, emite raios magnéticos de alto poder destrutivo para as comunidades celulares que a servem
A. Luiz, NMM,p.54-55 e ML

MOLECULES OF EMOTION
Candace Pert, Ph. D.
A mente não se concentra apenas na cabeça, mas sim que está distribuída em moléculas sinalizadoras presentes no corpo todo (…)Através da autoconsciência, a mente pode usar o cérebro para gerar “ moléculas de emoção ” e agir sobre todo o sistema.

DESEJO – ESCOLHA – INTENÇÃO – MUDANÇA – EXPERIÊNCIA

SAÚDE E DOENÇA
Emmanuel – Pensamento e Vida – Pag. 76
A cólera e o desespero, a crueldade e a intemperança criam zonas mórbidas de natureza particular no cosmo orgânico, impondo as células a distonia pela qual se anulam quase todos os recursos de defesa, abrindo-se leira fértil à cultura de micróbios patogênicos nos órgãos menos habilitados à resistência.

O MÉDICO QUÂNTICO - Amit Goswami, p. 100
Cada célula viva de um corpo multicelular tem uma identidade própria; a consciência se identifica com cada uma delas enquanto ela cumpre as suas funções condicionadas individuais.

(…) as células são princípios inteligentes de feição rudimentar, a serviço do princípio inteligente em estágio mais nobre nos animais superiores e nas criaturas humanas (…) assumem formas diferentes (…) obedecendo ao pensamento simples ou complexo que lhes comanda a existência.
EDM, A. Luiz, p. 42

As leis da física quântica e não as de Newton, controlam os movimentos moleculares que geram a vida.
( Pophrist e Goodman, 2000 – Nature )

PENSAMENTO E VONTADE
Um quadro coerente está finalmente começando a surgir. (…) um sistema de transdução de sinais de “pensamento” (…) integra informações multifacetadas e, algumas vezes, conflitantes de forma a desencadear a resposta biológica apropriada
VACTOR, D. Harvard Medical School, 1999, Apud Jeffrey Satinover

CENTRO CELULAR (CENTRÍOLO)
• Transporte intracelular de organelas
• Inteligência
• Auto-organização
• Comunicação intracelular e intercelular
• Organização estrutural da forma e movimento
Liberação de neurotransmissores
• Redes neurais
Jeffrey Satinover, o cérebro Quântico

“(…) através do centro celular mantêm a junção das forças físicas e espirituais, ponto esse em que se verifica o impulso mental, de natureza eletromagnética, pelo qual se opera o movimento dos cromossomas, na direção do equador para os pólos da célula, cunhando as leis da hereditariedade e da afinidade (…)”
EDM, A. Luis, p.55

Forças quânticas dentro das proteínas estruturais dos microtúbulos controlam sua forma, que, por sua vez, controla as ações dos neurônios e dos músculos e nosso comportamento.
A mudança de forma das proteínas é o ponto de amplificação entre o mundo quântico e nossa interferência no mundo clássico, em tudo que a humanidade faz de bom ou de mau
Stuart Hameroff, QUEM SOMOS NÓS, P. 134

MENTE – CITOPLASMA – GENOMA - EDM, André Luiz, p.62
“(...) a mente humana controla, quase que plenamente, o corpo em que se exprime, através da coordenação de seus próprios impulsos sobre os elementos albuminóides do citoplasma, em que as forças físicas e espirituais se jungem no campo da experiência terrestre.”

“ (...) a inteligência, influenciando o citoplasma, que é, no fundo, o elemento intersticial de vinculação das forças fisiopsicossomáticas, obriga as células ao trabalho de que necessita para expressar-se (...) Por intermédio das mitocôndrias, a mente transmite ao carro físico a que se ajusta, todos os seus estados felizes e infelizes”
EDM – A. Luiz, pags.45 e 63

BIÓFOROS
“São unidades de força psicossomática que atuam no citoplasma, projetando sobre as células e o corpo, os estados mentais do espírito, conforme as suas escolhas do bem ou do mal, possibilitando agravar ou suavizar as circunstâncias cármicas.”

PENSAMENTO E NEUROTRANSMISSORES
• Os neurotransmissores tocam a vida de cada célula, através dos receptores;
• Sempre que um pensamento quer se formar, essas substâncias químicas também precisam agir .
• Pensar é praticar química cerebral, promovendo uma cascata de respostas através do corpo;
• Todos nós podemos mudar a biologia de nossos corpos, de um extremo à outro.

MEMBRANA PLASMÁTICA
PROTEÍNAS INTEGRAIS DE MEMBRANA
Proteínas Receptoras ( Consciência )
Proteínas Executoras ( Ação )

PENSAMENTO E NEUROTRANSMISSORES (Deepak Chopra)

• Os receptores celulares não são fixos(...) suas raízes penetram até o núcleo onde fica o DNA.
• O DNA está constantemente transferindo mensagens do mundo quântico para o nosso, ligando novas partículas de inteligência e novas partículas de matéria.
• Os monócitos possuem receptores para neurotransmissores e neuropeptídeos.
• Circulam livremente por todos o organismo e podem levar as mensagens do cérebro para todos os lugares.

DNA – INTELIGÊNCIA LOCALIZADA
SISTEMA IMUNOLÓGICO – INTELIGÊNCIA CIRCULANTE

• Nosso corpo é a imagem física em 3D do que estamos pensando.

O SER HUMANO É O REFLEXO DA SUA VIDA MENTAL (CONSCIÊNCIA)

• Os espíritos agem sobre os fluidos espirituais, não os manipulando como os homens manipulam os gases, mas com a ajuda do pensamento(consciente e inconsciente) e da vontade.

Allan Kardec – A Gênese – FLUIDOS - Cap. XIV
Estes fluidos agem sobre o perispírito, que, por sua vez, reage sobre o organismo material, com o qual está em contato.

SAÚDE E DOENÇA
Emmanuel – O Consolador – F.C.Xavier
• É na alma que reside a fonte primária de todos os recursos medicamentosos definitivos;
• O remédio eficaz está na ação do próprio espírito enfermo;
• Quando o homem espiritual dominar o homem físico, os elementos medicamentosos da terra estarão transformados na excelência dos recursos psíquicos.

O bem constante gera o bem constante e, quando o doente adota comportamento favorável a si mesmo, pelo serviço de ajuda ao próximo, as forças físicas encontram sólido apoio nas radiações de solidariedade e reconhecimento que absorve de quantos lhe recolhem o auxílio direto e indireto.
EDMCap. XX - André Luís – F.C.Xavier e W. Vieira

Toda idéia que você venha a aceitar influenciará seu espírito;
Escolha os pensamentos do bem para orientar-lhe o caminho e o bem transformará sua vida numa cachoeira de bênçãos.
(André Luiz)

• O que eleva a frequência vibratória do pensamento é o amor desinteressado; (Pastorinho)
• Amparo aos outros cria amparo
a nós próprios .
• Princípios morais de Jesus.
• Imunologia perfeita.

“ A INFLUÊNCIA DA MENTE SOBRE O CORPO É DE GRANDE SIGNIFICADO PARA A SAÚDE, PELO ESTIMULAR OU RETER DA ENERGIA QUE A SUSTENTA E, QUANDO BLOQUEADO PELO PSIQUISMO PERTURBADO, CEDE CAMPO À PROLIFERAÇÃO DOS GERMES QUE SE INSTALAM, FOMENTANDO OS DISTÚRBIOS QUE SE CATALOGAM COMO DOENÇAS.

DA MESMA FORMA, A AÇÃO DA VONTADE, APLICADA COM EQUILÍBRIO EM FAVOR DA HARMONIA PESSOAL, DESBLOQUEIA AS ÁREAS INTERROMPIDAS, E A ENERGIA DE SUSTENTAÇÃO DAS CÉLULAS PASSAM A VITALIZÁ-LAS, RESTABELECENDO O CAMPO DE DESENVOLVIMENTO PROPICIADOR DA SAÚDE ”
Manoel P. de Miranda, Espírito, T. da Libertacão, p.15

O homem terá de voltar os olhos para a terapêutica natural, que reside em si mesmo, na sua personalidade e no seu meio ambiente;

(...) A Medicina precisa criar os processos naturais de equilíbrio psíquico, em cujo organismo se localizam todas as causas dos fenômenos orgânicos tangíveis.
Emmanuel –Francisco Xavier- Pag. 125

FLUIDOS – A GÊNESE – CAP. XIV
• Os fluidos se unem em razão da semelhança de sua natureza.
• Suas qualidades estão na razão das qualidades da alma.
• São as imperfeições da alma que atraem os maus fluidos(maus espíritos).
• O perispírito é uma fonte fluídica permanente.
• Os fluidos, condensados no perispírito, fornecem os princípios reparadores ao corpo físico. (Agente Terapêutico).
• Carrega-se o remédio em si mesmo.
• O agente propulsor é o espírito (encarnado ou desencarnado)

A grande maioria das doenças têm a sua causa profunda na estrutura semi-material do corpo espiritual;
Havendo o espírito agido erradamente, nesse ou naquele setor da experiência evolutiva, vinca o corpo espiritual com desequilíbrios e distonias, que o predispõe à instalação de determinadas enfermidades, conforme o órgão atingido.
Emmanuel - Leis de Amor – F.C. Xavier e Valdo Vieira

• Para o homem da terra, a saúde pode significar o equilíbrio perfeito dos órgãos materiais;
• Para o plano espiritual, todavia, a saúde é a perfeita harmonia da alma;
• É na alma que reside a fonte primária de todos os recursos medicamentosos definitivos;
• O remédio eficaz está na ação do próprio espírito enfermo;
• Quando o homem espiritual dominar o homem físico, os elementos medicamentosos da terra estarão transformados na excelência dos recursos psíquicos.
Emmanuel – O Consolador – F.C.Xavier

O corpo como criação e expressão da inteligência
MENTE-CORPO
CORPO MECÂNICO QUÂNTICO (Know How)
INTELIGÊNCIA
Os órgãos do corpo físico trabalham consultando constantemente o corpo mecânico quântico – todo o campo de inteligência

PENSAMENTO E VONTADE
• Os sintomas patológicos na experiência comum, em maioria esmagadora, decorrem dos reflexos infelizes da mente sobre o veículo de nossas manifestações, operando desajustes nos implementos que o compõem.
• O pensamento sombrio adoece o corpo são e agrava os males do corpo enfermo.

Emmanuel – Pensamento e Vida - Francisco Xavier, Cap.28



QUESTÕES DE BIOÉTICA À LUZ DO ESPIRITISMO

Dr. Francisco Cajazeiras AME- CE

1.BIOÉTICA
1. HISTÓRICO

1927– FRITZ JAHR
1971 – VAN RENSSELAER POTTER
1971 – ANDRE HELLEGERS
1979 – BEAUCHAMP & CHILDRESS

2. CONCEITO


“Estudo interdisciplinar e multi-disciplinar dos problemas originados pelo progresso biomédico e bio-tecnológico, suas repercussões na so-ciedade e seus sistemas de valores”.

“Trata da abordagem das posturas éticas relacionadas à pesquisa e ao conhecimento biomédico, das relações do profissional desta área com as decisões que impliquem algum poder em modificar as condições de vida e a naturalidade dos processos biológicos, biomédicos e bioecológicos. E tudo isso, visando especificamente a proteção e a valorização da vida humana, com bases na razão e no bom senso, sem posições extremadas, sectárias ou ditadas pelo fanatismo.”

“A Bioética representa a procura de um comportamento responsável de parte daquelas pessoas que devem decidir tipos de tratamento e de pesquisa com relação à Humanidade... Tendo descartado, em nome da objetividade, qualquer forma de subjetividade, sentimentos ou mitos, a racionalidade científica não pode, sozinha, estabelecer os fundamentos da Bioética. Além da honestidade, do rigor científico ou da procura da verdade, a reflexão bioética pressupõe algumas questões humanas que não estão incluídas nos currículos universitários.”
(Prof. Volnei Garrafa, UNI Brasília)

3. PARADIGMAS BIOÉTICOS

PRINCIPALISMO
CONTEXTUALISMO
CONTRATUALISMO
NATURALISMO

4. DIVISÃO (GIOVANNI BERLINGUER)
BIOÉTICA DE FRONTEIRA

INÍCIO DA VIDA
PESQUISA EMBRIÕES
REPRODUÇÃO ASSISTIDA
CLONAGEM
TERMINALIDADE
TRANSPLANTE DE ÓRGÃOS

BIOÉTICA DO COTIDIANO
ABORTO
EUTANÁSIA
EXCLUSÃO SOCIAL
FOME
RACISMO
ABANDONO
TRATAMENTO DISCRIMINATÓRIO

II. A ÉTICA ESPÍRITA
1. ÉTICA CRISTÃ
2. PRINCÍPIOS BIOÉTICOS E ESPÍRITAS

BENEFICÊNCIA - CARIDADE
NÃO-MALEFICÊNCIA – REGRA ÁUREA
AUTONOMIA – LIVRE ARBÍTRIO
JUSTIÇA – LEI DE IGUALDADE

III. QUESTÕES BIOÉTICAS
1. O INÍCIO DA VIDA
O ZIGOTO E SUA IDENTIDADE
HUMANIDADE DO ZIGOTO
VIDA, ESPÍRITO E AÇÃO CRIADORA
MANIPULAÇÃO DA VIDA
EUGENIA: NATURAL X ARTIFICIAL

2. A PROBLEMÁTICA DO ABORTO

DIMENSÃO E REFLEXO; ‘PRÓS’ E CONTRAS
O CONTINUUM DA VIDA
ABORTO ESPONTÂNEO
ABORTO “SOCIAL”
ABORTO SENTIMENTAL
ABORTO EUGÊNICO X SELETIVO
ABORTO “UTILITARISTA”

3. ANTICONCEPÇÃO ¹ “ANTINIDAÇÃO
CONCEPÇÃO X NIDAÇÃO
A “PÍLULA DO DIA SEGUINTE”
DISPOSITIVO INTRA-UTERINO

4. REPRODUÇÃO ASSISTIDA
EMBRIÕES CONGELADOS
HÁ ESPÍRITO NESSES EMBRIÕES?

5. PESQUISA COM EMBRIÕES
CÉLULAS-TRONCO
PESQUISAS: SITUAÇÃO ATUAL
PERSPECTIVAS FUTURAS
PESQUISAS IN ANIMA NOBILIS
A QUESTÃO ÉTICA E O PRECEDENTE
COMO FICA O ESPÍRITO?

5. TERMINALIDADE DA VIDA
MORTE E SEU ASPECTO DINÂMICO
MORTE ENCEFÁLICA
EUTANÁSIA E ORTOTANÁSIA
EUTANÁSIA SOCIAL (MISTANÁSIA)
TRANSPLANTES DE ÓRGÃOS

“É preciso lembrar que a ética sobrevive sem a ciência e a técnica; sua existência não depende delas. A ciência e a técnica, no entanto, não podem prescindir da ética, sob pena de transformarem-se em armas desastrosas para o futuro da humanidade nas mãos de minorias poderosas e/ou mal-intencionadas.”

(Prof. Volnei Garrafa, UNI Brasília)


SUICÍDIO E DEPRESSÃO, O PORQUÊ E OS CAMINHOS TERAPÊUTICOS

Palestrante: Roberto Lúcio. AME-Brasil. AME-MG

SUICÍDIO
Etimologicamente sui = si mesmo; caedes = ação de matar
Desfontaines - 1737
Significa morte intencional; auto-inflingida
EUA: 30.000 auto-extermínios fatais por ano
As tentativas sem êxito fatal são estimadas em 8 a 10 vezes mais.
Atualmente, 8ª posição entre as causas gerais de morte nos EUA

ASPECTOS GERAIS
70% dos auto-extermínios na fase depressiva.
Idosos se matam mais que jovens.


Quanto mais planejado, mais perigoso haver novas tentativas.
Em homens: quase sempre mais graves, mais brutais e mais bem sucedidas do que em mulheres.
Distúrbios neuropsiquiátricos associado ao álcool:risco de auto-extermínio aumentado.
Os seguintes fatores aumentam o risco em pacientes psiquiátricos: isolamento social, falta de amigos, não ser casado, não morar com uma outra pessoa, não ter filhos, não ser religioso.
O provérbio "cão que ladra não morde" não existe nestes casos. 90% dos quem tentam, avisaram antes.
30% a mais de chances de repetição em quem tentou.
Nos casos de psicoses agudas com pensamentos suicidas, ou depressões delirantes com idéias de auto-extermínio, caso não seja possível hospitalizar o paciente, se o médico disser que tem que vigiar todo o tempo, isso quer dizer: até mesmo quando estiver no banheiro

MOTIVOS
Tentativa de se livrar de uma situação de extrema aflição, para a qual não vê solução
Estado psicótico
Idéia de perseguição, sem alternativa de fuga
Depressão, achando que a vida não vale a pena
Doença física incurável e se achar desesperançado com sua situação
Transtorno de personalidade e atentar contra a vida num impulso de raiva ou para chamar a atenção.

INDICADORES DE RISCO
tentativa anterior ou fantasias de auto-extermínio
disponibilidade de meios para o ato
idéias de auto-extermínio abertamente faladas
preparação de um testamento
luto pela perda de alguém próximo
história de suicídio na família
pessimismo ou falta de esperança, entre outras.

COMO ENCAMINHAR ALGUÉM COM IDÉIAS DE AUTO-EXTERMÍNIO
Encaminhar para uma avaliação psiquiátrica com urgência
Esse tratamento poderá ser:
– Uma internação, quando for avaliado que o risco é muito grave

– Um tratamento ambulatorial (consultas regulares com psiquiatra)

É importante comunicar essa idéia para que outros possam ajudá-lo, pois quem está se sentindo tão mal a ponto de pensar que a morte é sua única saída, com certeza precisará de ajuda para sair dessa.

ABORDAGEM ESPIRITUAL DO AUTO-EXTERMÍNIO
LE 944 – Tem o homem o direito de dispor da sua vida?
– “Não; só a Deus assiste esse direito. O suicídio voluntário importa numa transgressão desta lei.”
A mais trágica de todas as circunstâncias que envolvem a morte.
Não consiste no cumprimento de desígnios divinos.
O auto-aniquilamento é desastrada fuga, uma porta falsa em que o indivíduo, julgando-se libertar-se de seus males, precipita-se em situação pior.

CAUSAS ESPIRITUAIS DO AUTO-EXTERMÍNIO
Falta de fé
Orgulho ferido
Esgotamento nervoso
Loucura
Tédio da vida
Moléstias consideradas incuráveis
Indução de terceiros, encarnados ou desencarnados

PRINCIPAIS MEDIDAS PARA EVITAR O AUTO-EXTERMÍNIO

Por parte do doente:
– Identificação precoce destas idéias
– Busca de ajuda em pessoas confiáveis ou profissionais especializados
– Assumir o tratamento clínico e psicológico indicados
– Assistência espiritual
– A oração
– A leitura edificante
– A fluidoterapia
– O tratamento desobsessivo
– Terapia ocupacional e atividade útil
Por parte de terceiros:
– Ouvir com respeito o desejo do outro em se matar
– Predisposição íntima de auxílio
– Busca da ajuda de profissionais especializados
– Vigilância rigorosa do doente
– Busca da assistência espiritual

Antes que a única coisa que você possa ofertar ao seu irmão seja uma prece e uma flor em sua lápide...
Ouça e atente-se pelo que clama por socorro
“Todos ouvem o que você diz.
Os amigos escutam o que você fala.
Os melhores amigos prestam atenção ao que você não diz”.



PRECE E MEDITAÇÃO: CAMINHOS E ATITUDES PARA O EQUILÍBRIO

Drª. Kátia Marabuco – AME-PI

A Expulsão de Ismael e de Agar
...Ela partiu e, embrenhando-se no deserto de Bersabé, por lá andou ao acaso. Tendo-se acabado a água do odre, deitou o filho debaixo de um arbusto, e foi sentar-se do lado oposto , porque dizia: Não quero ver o meu filho morrer” Sentou-se e começou a chorar . Deus ouviu a voz do menino, e o anjo de Deus chamou do céu Agar, e disse-lhe:”Que tens tu,Agar? Nada temas, pois Deus ouviu a voz do menino, do lugar em que está ... Deus abriu-lhe os olhos, ela viu um poço onde foi encher o odre e deu de beber ao filho. ( Gênesis,21.8)

A ESTRUTURA DA PRECE
O diálogo consigo mesmo
O diálogo com Deus

A Crença
O Silêncio
O Encontro

Concentração
Meditação
Oração

CONCENTRAÇÃO
Ato ou feito de Concentrar(-se).
Concentrar:
Fazer convergir para um cento. Centralizar
Dirigir o pensamento ( o sentimento) de modo intenso.
Aplicar a atenção a algum assunto.
Absorver-se.
Meditar profundamente.

MEDITAÇÃO
“ Todos os sistemas de meditação têm por meta o Um ou o Zero.
A união com Deus ou o esvaziamento.
A via para o Um, é através da concentração n’Ele;
para o Zero é a penetração no vazio da própria mente”

Joseph Goldstein em A Mente Meditativa – Daniel Goleman

Estados alterados da consciência
Virtude - Concentração meditativa - Introvisão

ORAÇÃO
A sùplica


CONDIÇÕES DA PRECE
Oração em segredo
Sinceridade
Perdão aos ressentimentos.
Humildade

EFICÁCIA DA PRECE
“Por isso vos digo: Todas as coisas que vós pedirdes, orando, crede que as haveis de receber,e que assim vos sucederam” .Marcos,XI:24.

AÇÃO DA PRECE:
Transmissão de pensamento
Invocação
Pedido. Agradecimento.Glorificação.
Fluido universal.
Vontade - veículo do pensamento.
Energia da corrente
Prece: ação magnética.
Incúria e excessos do homem sobre ele mesmo.

A PRECE E A CIÊNCIA
Área Cerebral e experiência religiosa

Pesquisas e experiências religiosas envolvem: emoção e cognição.
Lobo frontal - vontades;
Lobo parietal - controla nosso senso próprio;
Sistema límbico - emoções;
Hipotálamo - reações emotivas.

“Os humanos são, em certo sentido, seres inerentemente espirituais”.
Andrew Newberg

AS RESPOSTAS DO CORPO

Mudanças hormonais e nos sistemas imunológico e nervoso autônomo - diminuição batimentos cardíacos, pressão sanguínea e estresse.

” Se forem longe o bastante, os praticantes têm uma dissolução completa do eu, uma sensação de união, de espaço infinito“
A. Newberg.

“Desligamento da conversa interior" do cérebro superior, consciente - atividade das ondas cerebrais "teta", um tipo que se move lentamente e que inibe outras atividades do cérebro.
Gregg Jacobs. - Harvard

Prática – aumenta nível de dopamina no cérebro.
Neurotransmissor relacionado a sensações de prazer e motivação.
Instituto John F. Kennedy - Dinamarca

Porque tanta gente ora e a prece não é atendida?

As ondas cerebrais , o comprimento de onda e a capacidade de penetrância

Ondas longas - superiores a 600 metros de comprimento. Caminham ao longo da superfície terrestre e têm pequeno alcance.

Ondas médias - comprimento entre 150 e 600 metros. Caminham em parte ao longo da superfície, mas também se projetam para as camadas superiores da atmosfera. Têm alcance maior que as anteriores, embora não muito grande.

Ondas curtas - variam entre 1,0 e 150 metros. Rumam para a atmosfera superior, e são captadas de ‘ricochete’. Têm alcance muito grande, podendo ser captadas facilmente até nos antípodas.


Ondas ultra-curtas - todas menores que 10 metros. Muito maior alcance e força, ecoando nas camadas superiores da atmosfera.
Técnica da Mediunidade - Torres Pastorino

O PODER EXTRAORDINÁRIO DA PRECE
...Ismália se transfigurara.
Luzes diamantinas irradiavam de todo o seu corpo, em particular do tórax, cujo âmago parecia conter misteriosa lâmpada acesa.
Os que a acompanhavam, em menor intensidade apresentavam uma luminosidade gradativa. As senhoras como se trajassem soberbos costumes radiosos, em que predominavam a cor azul. Após vinha a luz de Aniceto, de um lilás surpreendente, após Alfredo de um verde suave. Em seguida Andre e Vicente de uma fraca luminosidade. A maioria apresentava o corpo escuro como na esfera carnal.
Suave sensação de calor e conforto.
Flocos esbranquiçados que desciam do alto de tamanho variados sobre os que oravam, os flocos desapareciam ao tocá-los e começavam a sair da fronte e do peito grandes bolhas luminosas, com a coloração da claridade que estavam revestidos e atingiam os irmãos enfermos adormecidos.
( Os Mensageiros,A. Luiz)

Clique nas imagens para ampliar PROCEDIMENTO PARA INSCRIÇÃO NO IV


ENCONTRO DAS ASSOCIAÇÕES MÉDICOS-ESPÍRITAS DO NORTE E NORDESTE
Imprimir a ficha de inscrição, pagar no banco e enviar ficha e xerox do comprovante bancário da inscrição para: Clínica Kátia Marabuco - Rua Prof. Joca Vieira, 1269. Bairro Fátima. CEP 64048-300 Teresina - PI. Fone: (86) 3233-4111

CONVIDADOS DO IV ENCONTRO DAS ASSOCIAÇÕES MÉDICO-ESPÍRITAS DO NORTE E NORDESTE

Integração Cérebro, Mente e Espírito/As Máscaras da Obsessão
Marlene Nobre - AME Brasil
Médica Ginecologista. Presidente da Associação Médico-Espírita do Brasil e Internacional. A autora de diversos livros - entre eles "O clamor da vida", também é diretora responsável do jornal "Folha Espírita"

Os ensinamentos dos Espíritos e novo paradigma na Graduação Médica/Prece e Meditação
Kátia Marabuco - AME Piaui
Doutora em Medicina pela Universidade de São Paulo e especialista em Oncologia Cirúrgica e em Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Professora Catedrática Adjunta da cadeira de Cirurgia na Universidade Federal do Piauí. Formação em Terapia Regressiva a Vivências Passadas e em Psicologia Transpessoal. Presidente da Associação Médico-Espírita do Piauí. Autora de dois livros
Suicídio e Depressão/A Crise Conjugal e a Influência Espiritual
Roberto Lúcio
AME Minas Gerais
Médico Psiquiatra (vice-presidente da AME-Brasil), diretor de publicações da AME-MG e diretor clínico do Hospital Espírita André Luiz, em Belo Horizonte (MG) e autor de vários livros.
O Perdão e a Psicologia Crística/Sexualidade dos devios à Sublimidade
Alberto Almeida - AME Pará
Médico, homeopata, psicoterapeuta, com formação em Terapia de Regressão a Vivências Passadas, Alberto Almeida é expositor espírita internacional, tendo ministrado palestras e seminários no Brasil e no exterior, participando inclusive do IV Congresso Espírita Mundial em Paris. É natural de Belém/PA e atuante na AME-PA 0 Ass. Médico Espírita do Pará.
Questões Bioética à luz do Espiritismo
Francisco Cajazeiras - AME Ceará
Médico clínico geral e cirurgião geral na capital do Ceará e leciona, como professor das disciplinas de “Neuroanatomia” e “Psicofarmacologia”, na Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e na Faculdade Integrada do Ceará (FIC).No Movimento Espírita tem participado de diversos Congressos, é expositor espírita com uma agenda de palestras e cursos em casas espíritas. É fundador e atual presidente do Instituto de Cultura Espírita do Ceará (ICE-CE), No biênio 1995-96, foi vice-presidente da Federação espírita do Estado do Ceará (FEEC).
Reencarnação/Ser super-consciente
Ricardo Santos - AME Alagoas
Médico, Especialista em Cardiologia, Ecocardiografia e Terapia Intensiva.Fundador e Presidente da Associação Médico-Espírita de AlagoasFundador e atual Secretario da Fraternidade Espírita Joanna De Ângelis de Maceió-AL
TDAH em crianças, compreensão do processo terapêutico na visão espírita
Fernando Souza - AME Cariri

Pensamento e Vontade - influência na saúde e na Etiopatogênese
Carlos Roberto - AME Campina Grande



















































































QUEM SOMOS?

DISCUSSÃO DO REAL SIGNIFICADO DA A.M.E.

A Associação Médico-Espírita é uma entidade estritamente ímpar, sob o ponto de vista de que pela sua essência, não deva estar subordinada e atrelada a quaisquer outras federações, associações, etc.

Destarte, a A.M.E. deve ter vida própria, autonomia e crescimento em todos os rincões de nosso orbe planetário, fiel aos seus objetivos de cunho científico, visando a interação mente-corpo, espírito-matéria, estratificando-se num modelo holístico.

A medicina cartesiana com visão compartimentar, começa a sucumbir com tendências à extinção, diante do holismo que irrompe, fruto do avanço tecnológico-científico chancelado pela evolução moral consoante às realidades espirituais que hoje comungam com os ensinamentos perpetrados na humanidade.

"Conhecereis a verdade, e ela vos libertará" axioma exarado por Jesus, indicativo das vertentes científico-filosófico-religiosas, nesta visão holística, na qual a A.M.E. se apoiará, como entidade responsável de esclarecer, doutrinar àqueles cientistas ainda arraigados à ciência obsoleta cartesiana.

Portanto, é esta a finalidade e meta prioritária da A.M.E., com seus conceitos epistemológicos transformadores, solidificando a medicina holística atual e do porvir, advertindo-nos para a grande cura-a cura espiritual, substanciada na reforma íntima que despojará as nódoas adquiridas nas fileiras reencarnatórias em espirais de recapitulação.

Com este escopo médico-científico-espiritual, cabe às A.M.Es. se fortalecerem dentro dos mesmos princípios unitários preconizados pelo insígne codificador da Doutrina dos Espíritos-Allan Kardec, repelindo quaisquer injunções de entidades não afins aos conteúdos basilares característicos de uma Associação Médico-Espírita.

MISSÃO


O estudo da Doutrina Espírita codificada por Allan Kardec e sua fenomenologia, através de investigações e experiências, buscando sua integração e aplicação nos campos da filosofia, religião e das ciências, notadamente na área médica;

Difusão e expansão do movimento Médico-Espírita a outras classes de profissionais liberais, bem como ao meio espírita em geral, através de palestras, atividades, publicação do Boletim Médico-Espírita e outras que se fizerem necessárias;

Criação e organização de instituições hospitalares, ambulatoriais e tantos outros serviços quantos se façam possíveis e necessários, para congregação dos ideais espíritas na área médica.

ESTATUTO

Clique na imagem para ampliar













































BIOGRAFIAS

AMEs NO BRASIL

AME BRASIL amebrasil@amebrasil.org.brAv. Pedro Severino, 325 - JabaquaraSão Paulo - SP. 04310-060Fone: (11) 5585-1703
Dra.Marlene R. S. Nobre (Presidente) > Ame São PauloDr. Roberto L.V.de Souza (Vice Presidente) > Ame Minas GeraisDr. José R. P. Santos (Secretário) > Ame Espírito SantoDra. Márcia Regina Colasante Salgado (Tesoreiro) > Ame Santos

1) ALAGOAS - http://amealagoas.com.br/novoAv. Gustavo Paiva, 4291. Bairro Mangabeiras.Maceió - AL. CEP 57032-000.Fone: (82) 3235-6125
Dr. Ricardo José dos Santos (Presidente) > ricardo@amealagoas.com.br

2) AMAPÁ (em organização) Fone: (96) 225-2862 / Cel: (96) 9971-2548
Kátia Regina Cordovil de Almeida > kaze.visa@uol.com.br

3) AMAZONAS Av. Senador Raimundo Parente, 70. Apto 206 - Bl. 20 C.Cond. GuinasManaus- AM. CEP: 69048-661Fone: (92) 234-8108 / Cel: 9981-0279
Marco Lourenço Silva (Presidente) > mlourenco@osite.com.br / mailto:mlourenco@argo.com.br

4) ARARAQUARA Av. São Geraldo, 720. Bairro São GeraldoAararaquara - SP. CEP: 14801-210Fone: (16) 3335-8448
Fausto Mariotini (Presidente)

5) BAGÉ Rua Juvêncio Lemos, 200.Bagé - RSFone: (53) 3242-5342
Dr. José Nicanor de Souza (Presidente) > jnicanor@alternet.com.br

6) BAHIA mailto:amebahia@ig.com.brRua Campos França, 12. Bairro Lapinha Salvador - BA. CEP: 40325-130Fone: (71) 3351-7156
Dr. André Luiz Peixinho (Presidente)

7) BAURU Rua Amadeu Sangiovani, 5 - 15. Bairro Vila MarianaBauru - SP. CEP: 17017-140Fone Cons.: (14) 234-7595
Julia Maria Belini Gobo - Presidente > mailto:ame-bahia@bol.com.br

8) BOTUCATU R. Rubião Jr., s/n - Faculdade de Medicina de Botucatu- Depto de Neurologia-PsiquiatriaFone: (14) 3811-6260Botucatu-SP
Dr. Niura Aparecida de Moura Ribeiro Padula (Presidente) > pad@laser.com.br

9) CAMPINA GRANDE Rua Dr. Severino Ribeiro Cruz, 479. Bairro Centro.Campina Grande - PB. CEP: 58100-680Fone: (83) 3342-0221
Dr. Carlos Roberto de Souza Oliveira (Presidente-Conselho Fiscal) > mailto:carlos-beto@uol.com.br

10) CAMPOS (em implementação)
Dr. Flavio Mussa Tavares (presidente) > mailto:flaviomt@uol.com.br

11) CARIRI (Em implementação) - ferluc@terra.com.br

12) CEARÁ Rua Visconde de Iço, 758. Bairro ElleryFortaleza - CE. CEP 60320-640Fone: (85) 243-7735 / 281-8434 / Cel: 9117-2231
Dr. Francisco Cajazeiras (Presidente) > mailto:fcajazeiras@uol.com.br

13) ESPÍRITO SANTO Rua Álvaro Sarlo, 35. Bairro Ilha de Santa MariaVitória - ES. CEP: 29040-400 Fone: (27) 3229-7210
Dra. Maria Cristina Alochio de Paiva (Presidente) > crisalochio@uol.com.br

14) GOIÁS ame_goias@terra.com.brRua Alan Kardec, 19. Hospital Espírita de Psiquiatria.Anápolis - GO.Fone: (62) 3324-6173
Dr. Joaquim Tomé de Souza (Presidente) > tome@superig.com.br

15) LONDRINA Av. Bandeirantes, 190. Londrina - PR. CEP: 86010-010Fone Res.: (43) 3376-6000
Dr. José Edgard Zampar (Presidente) > edgardzampar@yahoo.com.br

16) MARANHÃO Av. Dos Holandeses, 221 - Apto. 1201. Bairro Ponta da Areia São Luis - MA. CEP: 65075-650Fone Res.: (98) 227-2687 / Fone Cons.: (98) 232-5069
Sérgio França Martins (Presidente) > francasm@terra.com.br
17) MARÍLIA Av. Rio Branco, 1383. Bairro Salgado FilhoMarília - SP. CEP: 17502-000Fone: (14) 422-1231
Antônio Braojos Dantas (Presidente) > mailto:dantas.a@unimedmarilia.com.br

18) MATO GROSSO DO SUL Trav. Elias Nasser, 159. Bairro Vila Anfee.Campo Grande - MS. CEP: 79002-260 Fone: (67) 3321-2414
Dra. Lizabel Vieira Barbosa Gemperli (Presidente) > gemperli@terra.com.br
19) MINAS GERAIS - http://netpage.estaminas.com.br/amemgRua Cons. Joaquim Caetano, 1160. Bairro Nova GranadaBelo Horizonte - MG. CEP: 30460-540Fone: (31) 3332-5509
Dr. Jaider Rodrigues de Paulo (Presidente) > mailto:amemg@ai.com.br

20) NOVA FRIBURGO Rua Paraná, 45. Bairro Bela VistaNova Friburgo - RJ. CEP: 28623-190
José Henrique R.de Carvalho > mailto:hrc@uol.com.br

21) PARÁ mailto:alberto.belem@terra.com.brAl. Lúcio Amaral, 57 - Bairro Nazaré.Belém - PA. CEP: 66040-240Fone Cons.: (91) 3252-3616
Dr. Jorge Carvalho (Presidente) - mailto:jorgeacarvalho@yahoo.com.br

22) PARAÍBA Rua Izidro Gomes, 341 - apto 902. Bairro TambaúJoão Pessoa - PB. CEP: 58039-160Fone: (83) 3247-1303
Dr. Ramonilson Arruda (Presidente) > rosinete.ferrer@terra.com.br

23) PARANÁ mailto:amepr@feparana.com.brRua Manoel Correia de Freitas, 901. Bairro Jardim Social.Curitiba - PR. CEP: 82530-070Setor de Ciências da Saúde (secretaria) Fone: (41) 3262-2136
Dr. Laércio Furlan (Presidente) > mailto:lcvfurlan@hotmail.com

24) PELOTAS
Dr. Sérgio Lopes (Presidente) > mailto:sergiol.sul@terra.com.br
25) PERNAMBUCO Fone: (81) 3427-9571
Dr. Ronaldo Dantas Lins Silveira (Presidente) > ronaldodantas@uol.com.br

26) PIAUÍ http://www.amepiaui.blogspot.com/
Rua Prof. Joça Vieira, 1269. Bairro Fátima.Teresina - PI. Fone: (86) 3233-4111
Dra. Kátia Marabuco de Souza (Presidente) > kmarabuco@yahoo.com.br

27) RIO DE JANEIRO Rua Dos Inválidos, 34 - Sala 402. Bairro CentroRio de Janeiro - RJ. CEP: 20231-040 Fone: (21) 228-1865 / 242-8872 / Cel: 9644-6214
Américo Domingos Nunes Filho (Presidente) > drdanilolucca@ig.com.br / mailto:sisant@bol.com.br
28) RIO GRANDE DO NORTE Fone: (84) 3221-1009
Dra. Mércia Almeida de Carvalho (Presidente) > carvalhonatal@yahoo.com.br

29) RIO GRANDE DO SUL - http://www.amergs.com.br/Av. Desembargador André da Rocha, 49. Bairro CentroPorto Alegre - RS. CEP: 90050-160 Fone (51) 3233-6680
Gilson Luiz Roberto (Presidente) > gilsonlr@terra.com.br

30) SANTA CATARINA dcchu2004@yahoo.com.brHospital Universitário Santa Catarina - Campus Universidade Trindade - Divisão de Clínica Cirúrgica - 4° andar. Florianópolis - SCFone: (48) 3331-9182 (Secretária - Cida)
Dr. Newton Marques (Presidente) > newtonms@hu.ufsc.br

31) SANTA MARIA Rua Faixa de Camobí, Km 03, n° 1915 – Sociedade Espírita Luz do Caminho. Santa Maria – RS. CEP: 97095-100Fone: (55) 3221-8801
Dr. Fernando Antonio R. Corrêa (Presidente) > correafa@terra.com.br

32) SANTO ÂNGELO Rua Do Carmo, 961. Bairro Jardim das PalmeirasSanto Ângelo - RS. CEP: 98804-280Fone Res.: (55) 3312-4079 / Fone Cons.: 3312-5252
Rose Mary Gonçalves Martins - Presidente

33) SANTOS - http://www.amesantos.cjb.net/Rua Olintho Rodrigues Dantas, 343/54.Santos – SP. CEP 11050-220 Fone: (13) 3224-2503
Dr. Ricardo Azevedo Sallum (Presidente) > rasallum@globo.com
34) SÃO PAULO - http://www.amesaopaulo.org.br/ame-sp@ig.com.brAv. Pedro Severino Jr., 325. Bairro Jabaquara.São Paulo - SP. CEP: 04310-060Fone: (11) 5585-1703
Dr. Rodrigo Bassi (Presidente) > mailto:atendimento@amesaopaulo.org.br

35) SERGIPEamesergipe@yahoo.com.brAv. Desembargador Maynard, 1131- Clínica Pimpolho.Aracaju – SE. CEP. 49050-210 Fone: (79) 3211-9333- (79) 3246-5544
Dra. Adriana Kátia de Oliveira (Presidente)
36) SERRA GAÚCHA Bento Gongalves – RSFone: (54) 3454-2332
Dr. Victorio Luiz Turconi - Presidente > turcvic@terra.com.br

37) SOROCABA (em implementação)Fone: (11) 5083-9842
Responsável: Dra. Jane Maria Modena Bassi > mailto:rodrigo_bassi@hotmail.com

38) TRIÂNGULO MINEIROameube@uol.com.brRua Boa Esperança, 409. Bairro Vila Maria HelenaUberaba – MG. CEP: 38020-120
Cláudio Luis M. Bichuetti (Presidente)
39) UBERABAameube@uol.com.br Praça Thomaz Ulhôa , 69. Bairro AbadiaUberaba - MG. CEP: 38025-050Fone: (34) 3312-7431
Dra. Maria de Fátima Borges (Presidente)

40) VOLTA REDONDA (em implementação)
Dra. Anelise (Presidente) > aluderer@uol.com.br